MSD na luta contra o Ébola

A MSD associou-se ao GAVI – Aliança Global para Vacinas e Imunização, órgão de referência no acesso à vacinação em países sub-desenvolvidos, para a elaboração de um plano de ataque a novos surtos de Ébola. Este acordo assenta no desenvolvimento e fornecimento de uma vacina que poderá ser armazenada preventivamente pelo GAVI em proteção contra possíveis surtos da doença.

A 14 de Janeiro, a Organização Mundial de Saúde tinha anunciado que nenhum novo caso de Ébola tinha sido indicado nos três países mais afetados no último mês. Contudo, pouco depois deste anúncio, a Serra Leoa reportou uma morte causada por esta doença infecciosa.

Embora o desenvolvimento de uma vacina para o Ébola tenha começado há mais de uma década, na altura do surto nenhuma das vacinas estava sequer em fase III de ensaios clínicos. Esta epidemia tirou a vida a mais de 11 mil pessoas e teve um efeito devastador em diversos sistemas de saúde, nomeadamente nos programas de imunização pediátrica.

Apesar de esta vacina estar ainda em desenvolvimento, a MSD assegura que 300 mil doses do medicamento estarão disponíveis a partir de Maio deste ano para uso em ensaios clínicos ou em situações de emergência.

Consulte o Comunicado de imprensa para saber mais sobre esta notícia.