MSD publica Relatório de Responsabilidade Corporativa.
Documento sublinha novos objetivos de sustentabilidade ambiental e impacto na Saúde Global.

 

2 de novembro de 2017 – A Merck (NYSE: MRK), conhecida como MSD fora dos Estados Unidos da América e Canadá, publicou hoje o seu Relatório de Responsabilidade Corporativa de 2016/2017. O documento reflete o desempenho da companhia nas áreas de Acesso à Saúde, Colaboradores, Sustentabilidade Ambiental e Ética e Transparência.

 

“Continuamos a desafiar os limites da ciência com a esperança e expectativa de que as nossas soluções inovadoras possam trazer melhor saúde às gerações vindouras”, sublinha Kenneth C. Frazier, chairman e chief executive officer da MSD. “Este mesmo compromisso de ultrapassar os maiores desafios globais em saúde estende-se à forma como atuamos como companhia responsável – construindo um negócio sustentável que contribui para um mundo mais saudável.”

O relatório revela o progresso alcançado pela MSD na criação de valor social e económico para a companhia e para os seus stakeholders. O documento sublinha, também, os mais recentes objetivos de sustentabilidade ambiental e o apoio reiterado da companhia aos objetivos de desenvolvimento sustentável (ODS) das Nações Unidas, que refletem as aspirações da comunidade internacional para a melhoria das condições de vida das populações mais pobres a nível mundial até 2030.

 

Outros dados a reter do relatório incluem a forma como a MSD está a:

  • Focar-se em 88 por cento da sua atividade nas 20 doenças mais frequentes a nível global com os seus produtos e pipeline, onde se incluem as áreas de Oncologia, VIH, Diabetes e Alzheimer;
  • Melhorar o acesso à saúde materna de qualidade e a serviços de planeamento familiar a cerca de seis milhões de mulheres em todo o mundo através do programa MSD for Mothers, uma iniciativa com 10 anos e que representa um investimento de 500 milhões de dólares, visando por fim à mortalidade maternal que pode ser prevenida;
  • Trabalhar para atingir 12 novos objetivos de sustentabilidade ambiental para gerir o impacto das nossas operações, cadeia de distribuição, produtos e embalagem;
  • Aumentar a nossa utilização de fornecedores diversificados, na ordem dos 60 por cento em 2016, contabilizando mais de mil milhões de dólares em companhias detidas por membros de minorias, mulheres, veteranos, indivíduos com incapacidade ou identificados como pertencentes à comunidade LGBT;
  • Prosseguir no desenvolvimento de uma força de trabalho mais diversa e inclusiva: em 2016, mais de metade das nossas contratações a nível mundial são mulheres; nos EUA, 37 por cento provêm de grupos minoritários.

 

A companhia continua a utilizar várias diretrizes externas e enquadramentos de monitorização para tornar explícita a sua atividade de reporte, incluindo os GRI Sustainability Reporting Standards, os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, o Access to Medicines Index e o United Nations Global Compact.

Saiba mais sobre a abordagem da MSD em relação à Responsabilidade Corporativa, e ao nosso progresso em iniciativas relevantes, no Relatório de Responsabilidade Corporativa 2016/2017.