Imagem Banner Artigos

Artigos

Perceber a ligação entre as redes sociais e a saúde

A Alliance for Advancing Health Online vai olhar para o papel das redes sociais na saúde, começando pelo tema da confiança nas vacinas para a COVID-19.

Desde a partilha de fotografias e vídeos à ligação que permite a novos e antigos amigos, as redes sociais juntaram milhões de pessoas em todo o mundo – especialmente durante a pandemia de COVID-19.

As pessoas reuniram-se online durante os confinamentos e períodos de quarentena para ligarem-se aos seus mais próximos e para se manterem atualizados sobre as mais recentes notícias relativas à pandemia. Hoje, à medida que algumas partes do globo começam a reabrir e em que outras enfrentam novos desafios, a COVID-19 e as vacinas desenvolvidas para nos proteger continuam como tópicos em alta nas redes sociais.

É por esta razão que a MSD e outros líderes de diferentes setores – tecnologia, saúde, desenvolvimento global e academia – juntaram-se para anunciar a Alliance for Advancing Health Online (doravante, Aliança), uma nova iniciativa para desenvolver o conhecimento público de como as redes sociais, a interação online e as ciências comportamentais podem impulsionar a saúde e a resiliência das comunidades espalhadas pelo mundo. A nossa companhia e o Facebook vão investir 20 milhões de dólares cada um para esta iniciativa plurianual que se vai centrar, inicialmente, em estudar a hesitação à vacinação e a equidade na vacinação, com um foco particular nas comunidades historicamente excluídas ou marginalizadas.

Como parte desta iniciativa, um fundo independente para a Confiança nas Vacinas foi estabelecido para apoiar a investigação sobre como as redes sociais e plataformas online podem apoiar a confiança e aceitação dos programas de vacinação para a COVID-19 e de rotina em todo o mundo. Este fundo é apoiado financeiramente pelo Facebook e pela MSD.

“O primeiro passo para compreendermos temas de saúde como a hesitação na vacinação é entender as razões subjacentes e falar com as pessoas onde elas estão. Este esforço colaborativo é um marco importante para melhor perceber como as redes sociais estão a ser utilizadas pelas pessoas enquanto estas fazem as suas escolhas em saúde”, sublinha a Dra. Priya Agrawal, chief behavioral science officer da MSD.

Embora o foco inicial deste exercício seja na vacinação para a COVID-19, esta Aliança pretende criar uma rede mundial de centros que investiguem as redes sociais e o seu impacto na saúde, com o propósito de melhorar o comportamento em saúde através de plataformas online.

Leia sobre este fundo agora criado: https://vaccineconfidencefund.org/

Para mais informação sobre esta história: https://www.vaccineconfidence.org/

 PT-NON-01084 06/2021