Opinião

Q&A: HPV e Pediatria, por Dr. Hugo Rodrigues

Dr. Hugo Rodrigues
por Hugo Rodrigues,
Médico Pediatra


1. Porque é o HPV um vírus com que os pais e adolescentes se devem preocupar?

O HPV é um vírus bastante frequente e que afecta ambos os géneros, em diversas idades. Associa-se, tradicionalmente, ao cancro do colo do útero, mas pode causar inúmeras doenças diferentes. Algumas das mais importantes são as seguintes:

  • Cancro da vulva e vagina
  • Cancro do pénis
  • Cancro do ânus
  • Cancros da região da cabeça e pescoço
  • Verrugas (condilomas)

2. Quais as formas de transmissão deste vírus?
É um vírus altamente contagioso e sua transmissão pode ser feita por via sexual, mas também através do contacto directo, pele com pele ou então através de objectos contaminados.

3. Quais as formas de prevenção disponíveis?
A vacinação é uma forma eficaz de prevenir esta infeção. No entanto, a utilização de preservativo e a diminuição do contacto com áreas e/ou objectos contaminados podem também reduzir a transmissão do vírus, embora não sejam completamente eficazes nesse propósito.

4. Porque é importante vacinar as crianças na infância/adolescência?
Idealmente, a vacina deve ser administrada antes dos primeiros contactos íntimos e início da vida sexual, uma vez que é mais eficaz antes de haver contacto com o vírus. No entanto, pode ser administrada mesmo após esse início, porque protege dos contactos posteriores que, como se sabe, são habitualmente muito frequentes a partir da adolescência.

5. Quem está atualmente abrangido pelo Programa Nacional de Vacinação (PNV)?
Actualmente estão abrangidos todas as adolescentes do género feminino (independentemente da data de nascimento) e os adolescentes do género masculino que nasceram após o dia 1 de Janeiro de 2009, inclusive.

6. Qual é atualmente a recomendação da Sociedade Portuguesa de Pediatria (SPP) para a vacinação de rapazes não abrangidos pelo PNV?
Para os adolescentes do género masculino não abrangidos pelo PNV, a SPP é clara e recomenda a sua vacinação também, sempre que possível, como medida de protecção individual contra esta infecção.

7. Como ter acesso à vacinação fora do PNV?
Após prescrição médica, todos os adolescentes que não estejam incluídos no PNV, podem fazer a aquisição numa farmácia, e a administração no seu Centro de Saúde.

Dr. Hugo Rodrigues, pediatra
Nota: Todos os conteúdos são da responsabilidade do autor

9 perguntas e respostas sobre o Papilomavírus Humano (HPV)
Aceda aqui

PT-NON-00831 02/21